terça-feira, 12 de setembro de 2017

Book Review | O Triunfo da Amante




O Triunfo da Amante

O Quarteto Fairbourne - Vol. 3
de Madeline Hunter 


SINOPSE
Na alta-roda londrina, ninguém pode acusar Marielle Lyon de falta de elegância. Muito pelo contrário. A jovem refugiada francesa está na penúria mas mantém uma invejável pose de distinção e graça. Ela diz ser sobrinha de um aristocrata mas a sua chegada a Londres está envolta em mistério. E ainda para mais, parece divertir-se imenso com os boatos que a acusam de ser espia. Afinal, quanto mais a vigiarem, mais protegida estará para levar a cabo a sua missão secreta. 


E entre os muitos olhos que a observam, estão os de Gavin Norwood, visconde Kendale, que esteve na guerra e desconfia dos Franceses… e também das femmes fatales. Está convicto - e com razão - de que Marielle é muito mais do que aparenta ser. Mas a astuta emigrée revela-se uma adversária à sua altura. Para a desmascarar, Gavin vai ter de recorrer a todas as armas do seu arsenal… incluindo a sedução…

O muito aguardado terceiro volume da série O Quarteto Fairbourne, escrito com a mestria a que já nos habituou Madeline Hunter.


Resumo/Opinião:
O livro começa com Kendale a seguir Marielle pois desconfia que é uma espiã francesa. Ao longo dos livros anteriores essas “vigilâncias” vêm sendo referidas. Marielle sempre se apercebeu que ele a perseguia e até gostava da brincadeira, apelidando Kendale de “Estúpido Adónis”. Naquele dia, Marielle pensa ter despistado Gavin e dirige-se ao beco onde costuma fazer as suas entregas a dois homens que as transportam até ao litoral e depois as fazem seguir até França. Naquele dia, Marielle percebe que algo está errado quando percebe que não são os homens do costume… começam a agredi-la e só param quando são abordados por Kendale. A escaramuça é grande e Kendale é esfaqueado mas consegue escapar, levando Marielle, que está inconsciente, para a sua casa e cuida dela e dos seus ferimentos. Quando Marielle acorda e percebe onde está pensa numa forma de escapar… como desde sempre percebe o desejo de Gavin começa a seduzi-lo para tentar fugir e consegue. Toma a decisão de sair de Londres pois tem medo de ter sido descoberta pelos homens que a perseguem em França. Quando parte para o litoral e tenta encontrar uma casa para se estabelecer, Kendale segue-a e quando a confronta o beijo acontece… ele consegue faze-la mudar de ideias e voltam para Londres. Kendale tenta de todas as formas saber mais informações de Marielle e através de Ambury (protagonista masculino do livro anterior) conhece uma emigrante francesa bonita e disponível para começar uma relação e consegue que ela o leve a uma reunião com recém-chegados de França. Nessa reunião também está Marielle, que apesar de não querer transparecer fica incomodada com a possibilidade de Kendale ter arranjado uma amante. Quando ambos abandonam a reunião, Kendale segue Marielle até casa e apercebem-se que a casa/oficina dela foi assaltada deixando o visconde cada vez mais desconfiado…
Quando, em conversa com as esposas dos amigos percebe que Marieelle teve um comportamento invulgar, Gavin percebe que ela deve ter fugido… resolve procura-la e quando a encontra presencia Marielle entregar gravuras a um contrabandista que as levará para França… aí, a sua desconfiança do seu papel em Inglaterra agrava-se ainda mais e resolve fazê-la prisioneira… mas, como a situação não o deixa confortável em vez de a levar para Londres para a entregar aos agentes do Ministério leva-a para a sua propriedade rural onde tem o seu “pequeno exército” de criados. Kendale leva para lá a francesa na tentativa de descortinar mais informações até decidir o que fazer com ela, mas dando-lhe total mobilidade para circular na sua propriedade. Quando nessa noite se encontram no jardim, dão asas ao desejo que sentem um pelo outro e vivem uma noite de paixão…
Quando são visitados por um antigo amigo de Garvin e um emigrante francês as incongruências de Marielle são cada vez mais notadas e adensam ainda mais a sua curiosidade… quando percebe o encanto que os homens têm pela sua hóspede os ciúmes de Kendale são notórios mas percebe que apesar das noites de paixão que viveu com a Marielle estão a adiar o inevitável…
Quando regressam a Londres e ficam uns dias separados, sentem a falta um do outro e quando se encontram combinam que durante 2 semanas vão dar largas à paixão… ao fim desse tempo Kendale parte numa missão (nunca contando a Marielle qual é) e a francesa irá concretizar os seus intentos que a têm movido desde que partiu do seu pais natal… durante essas duas semanas vivem momentos mágicos que os deixa ainda mais encantados um pelo outro e quando Kendale a convida para ser o seu par num Baile promovido por Emma (lembram-se dela no primeiro livro?) Marielle aceita e passam um serão agradável, dançando e divertindo-se (como Kendale nunca pensou…).
Na noite depois do Baile o casal separa-se cada um com a sua missão em mente e com a promessa de falarem quando se voltarem a encontrar… Mas Marielle sabe que quando partir a sua vida nunca mais ficará igual. Kendale sabe que a sua missão envolve muitos riscos e que pode não regressar… Qual será a missão de Kendale? Que segredos guarda Marielle? Será que esses segredos, confirmam a suspeita de Kendale? Será Marielle espiã? Conseguirá o casal superar as suas diferenças e reencontrarem-se? 

Caso queiram saber o final da história não percam tempo e comprem já o livro! Está disponível na Wook, FNAC, Bertrand.

Para quem leu os dois livros anteriores é sempre agradável voltarmos a encontrar Emma e Darius e Cassandra e Ambury… Ver a amizade destes três amigos e de como Darius e Ambury falam de Kendale como se ele não estivesse a ouvir a conversa é delicioso e arranca muitas gargalhadas… a amizade destas três senhoras nada convencionais para a época também é muito interessante de acompanhar…
O mistério que existem em torno do passado de Marielle também adensa bastante o trama e o companheirismo que vemos no “pequeno exército privado” de Kendale é outro dos pontos importantes do livro e que mais tarde se vão revelar fundamentais. Neste livro conhecemos um pouco melhor duque de Penthurst (que irá ser protagonista no próximo livro) e este tem um papel essencial na missão de Kendale e percebemos que aquela história que no segundo livro envolveu Lady Cassandra num escândalo tem pormenores desconhecidos que certamente vão ser desvendados no quarto e último livro.

Aguardo a vossa opinião nos comentários!


Espero que tenham gostado :)

Beijinhos,
Ana Catarina

1 comentário:

  1. Até parece o meu tipo de leitura, mas agora com o regresso ao trabalho deixo de ter tempo para ler :(

    THE PINK ELEPHANT SHOE // GANHA UMA BEAUTY BOX!

    ResponderEliminar

A tua opinião é muito importante, deixa aqui o teu comentário! :)

Obrigada pela visita e espero encontrar-te aqui brevemente <3